terça-feira, 22 de março de 2011

Lágrimas

Chorarei mil lágrimas
contadas pelos olhos;
Beijarei mil sorrisos,
escondidos pela face;
Gritarei bem baixo,
para o vento não me seguir;
Atravessarei uma longa ponte,
para não perder a rota da jornada.

Sempre lembrarei das lágrimas
molhando o meu rosto.
Com tudo isso,
já não posso tocá-lo com uma pétala de rosa.
Sei que sempre chorarei,
com desejos isolados na face da terra...

Márden Moreira de Carvalho, in Junto de ti, beijo do amanhã

2 comentários:

  1. As minhas lágrimas encontram as suas...
    Grata, Namastê!
    Soninha

    ResponderExcluir
  2. Meu querido,
    Tuas lágrimas são minhas; teus sorrisos são também meus, meu filho!

    ResponderExcluir